Mistura Mágica Com Melancia Diminui Até sete Kg Em 2 Meses

Chá Que Derrete Gordura


As estatinas são hoje em dia os medicamentos mais usados para cuidar o colesterol grande. As estatinas existentes no mercado são: Sinvastatina, Atorvastatina, Pravastatina, Rosuvastatina, Lovastatina, Fluvastatina e Pitavastatina. O que são as estatinas. Melhores medicamentos pro colestrol grande. Como se deve tomar as estatinas. Efeitos prejudiciais das estatinas. O QUE SÃO OS TRIGLICERÍDEOS?


Preciso Tomar Medicamentos Pra Baixar o Colesterol? O que são as estatinas? A nossa taxa de colesterol sanguíneo tem duas origens: dieta e criação pelo fígado. As pessoas com colesterol grande podem tê-lo por causa uma dieta rica em gordura ou por causa de teu fígado produz mais colesterol do que o obrigatório. As estatinas são cientificamente chamadas como inibidores da enzima HMG-CoA redutase.


A HMG-CoA redutase é uma das enzimas do fígado responsáveis na produção de colesterol. As estatinas não são as únicas drogas disponíveis no mercado pra cuidar o colesterol grande, porém, são as que apresentam os melhores resultados nos estudos científicos. Além das estatinas, há no mercado uma pluralidade de drogas indicadas para o tratamento do colesterol grande, entre elas, Ezetimiba, colestiramina, ácido nicotínico e fibratos. Pouco tempo atrás entrou no mercado uma nova categoria de fármacos para redução do colesterol chamada inibidores da PCSK9.



Nos estudos iniciais, esses medicamentos tiveram resultados aproximados às estatinas pela cautela secundária do infarto. No Brasil, o alirocumabe e o evolocumabe são os dois fármacos desta família neste instante aprovados na ANVISA. Mesmo entre as estatinas, os resultados variam, havendo novas drogas claramente mais potentes que outras. A Rosuvastatina e a Atorvastatina são as duas estatinas mais potentes, com superior know-how de diminuição dos níveis do colesterol LDL. Sinvastatina, Pravastatina e Pitavastatina têm potência intermediária, durante o tempo que a Fluvastatina e Lovastatina são as estatinas menos potentes.


A Rosuvastatina e Atorvastatina bem como são as que possuem melhores resultados pela redução dos triglicerídeos e no acrescentamento do colesterol HDL (colesterol agradável). Em relação ao HDL, doses elevadas de Sinvastatinas assim como apresentam bons resultados. Apesar dos diferentes resultados, todas as estatinas são eficazes pra restringir o colesterol LDL e acrescentar o colesterol HDL.


A Rosuvastatina e a Atorvastatina são as estatinas mais seguros, contudo bem como as mais caras. Nem sequer todo paciente necessita da droga mais potente para controlar teu colesterol. Mesmo a Fluvastatina, que é a menos potente das estatinas, quando em doses altas, pode alcançar reduções de até 40 por cento nos valores de colesterol LDL, o que é suficiente pra diversos pacientes.


Dicas Pra Eliminar A Fome Na Hora Do Almoço

O perfeito é pesquisar bem os preços das estatinas no mercado e conversar com o teu médico sobre isso qual é a melhor opção pro seu caso individual. Nem sequer toda humanidade precisa da estatina mais cara. Só pra ilustrar, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) costuma publicar uma busca sobre isso os preços da estatinas no mercado. A tabela abaixo traz uma comparação de valor entre as estatinas.


E também ser o grupo de medicamentos para baixar o colesterol com superior efetividade, as estatinas também são as que apresentam menores taxas de efeitos colaterais. Isso, mas, não significa que eles não ocorram. Estudos esclarecem que 0,5 a um por cento dos pacientes que tomam uma estatina poderá apresentar sinais de lesão leve do fígado e 0,um por cento podes ter lesões mais graves, como hepatite medicamentosa (leia: O QUE É HEPATITE?).


O diagnóstico da toxicidade hepática é feito pelo doseamento das transaminases do sangue (TGO e TGP) (leia: O QUE SIGNIFICAM TGO, TGP, GAMA GT e BILIRRUBINA?). Níveis elevados de TGO e TGP conseguem indicar lesão hepática provocada pelas estatinas. As lesões do fígado geralmente surgem nos primeiros 3 meses de tratamento e, se forem discretas, costumam regredir espontaneamente, mesmo que o tratamento não seja descontinuado.


Nas lesões hepáticas mais significativas, como no caso de elevação da TGO e da TGP em mais que três vezes o valor normal, só redução da dose costuma ser suficiente. Pela imensa maioria dos casos, não é necessário suspender o tratamento claramente. Pacientes com doença conhecida do fígado, como cirrose, devem impossibilitar o exercício de estatinas (leia: CIRROSE HEPÁTICA | Sintomas e causas).


Obs: a Fluvastatina parece ser a que mais frequentemente provoca modificações nos exames do fígado. A toxicidade dos músculos é outro efeito colateral possível das estatinas. Por volta de 2% a 10 por cento dos pacientes em emprego de uma estatina são capazes de queixar-se de dor muscular ou câimbras (leia: CÂIMBRAS | Causas e tratamento).


A Pravastatina e a Fluvastatina são as drogas que menos causam lesão muscular. Obs: pacientes com hipotireoidismo apresentam superior traço de lesão muscular pelas estatinas (leia: HIPOTIREOIDISMO | TIREOIDITE DE HASHIMOTO). Não se aponta pedir exames para dosar TGO, TGP e CK de rotina em pacientes que usam estatinas. Todavia, antes do início do tratamento é curioso saber quais são os valores basais do paciente para futura comparação, caso seja crucial. Temos um post específico sobre a lesão muscular provocada pelas estatinas: Angústia Muscular Provocada por Remédios para Colesterol.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *